Buscar
  • iPORT Solutions

Santos Brasil implanta lacres inteligentes com tecnologia RFID

Depois do caso de sucesso no Porto de Santos, onde está localizado seu maior empreendimento brasileiro, grupo prevê adoção da tecnologia em outras unidades do País


Diante dos desafios da Indústria 4.0, o Porto de Santos busca formas inovadoras para se transformar num condomínio tecnológico ideal, A cada ano, terminais investem individualmente em segurança eletrônica e tecnologia de ponta para atender as demandas do mercado brasileiro e internacional. Este é o caso da Santos Brasil, a maior operadora de contêineres em território nacional. Segundo dados da empresa, já foram investidos cerca de R$ 2,2 bilhões em qualificação profissional, tecnologia e modernização de suas localidades. Parte destes investimentos vai ao encontro dos desafios tecnológicos, legislações e normas do ISPS Code (Código Internacional para Segurança de Navios e Instalações Portuárias).


Para bater sucessivos recordes na movimentação de cargas e garantir a segurança operacional dentro dos padrões internacionais, a Santos Brasil conta com a tecnologia Real Tracking para monitorar suas operações no cais santista, o maior da América do Sul. “Depois de implantado de forma integral, o projeto de implementação de leitores de lacres inteligentes, baseados na tecnologia RFID (Radio Frequency Identification), terá como principal objetivo agilizar o processo de ingresso das cargas em nossos perímetros operacionais, sem abrir mão da segurança, verificação e integridade dos lacres exigidos pelos órgãos anuentes”, revela Ricardo Abbruzzini Filho , Diretor de TI e Inovação da empresa.







Ele explica quais foram os diferenciais que fizeram da Real Tracking um parceiro estratégico. Entre os principais estava o desafio de procurar no mercado as melhores tecnologias para o aumento da eficiência operacional da Santos Brasil, agilizando os processos e provendo segurança da informação durante a movimentação das cargas. “Conhecemos a solução por intermédio da RealTrackinG, cujo os donos são proprietários de outras empresas provedoras de tecnologia que fornecem serviços há anos para nós. Elas ofereceram uma solução integrada de lacres inteligentes, algo que atendeu as demandas por agilidade e automação na leitura dos lacres, garantindo integridade e inviolabilidade dos contêineres sob nossa responsabilidade”.



“Lacres inteligentes, baseados na tecnologia RFID, terá como principal objetivo agilizar o processo de ingresso das cargas em nossos perímetros operacionais”.


– Ricardo Abbruzzini Filho –


Agilidade e eficiência operacional


No modelo tradicional, o processo de checagem dos lacres é realizado de forma manual, o que consome um maior tempo durante a leitura e digitação dos dispositivos. É muito comum que este processo ocorra em condições adversas de chuva, vento e ambiente noturno com baixa luminosidade em relação à luz do dia. “O plano de ação foi automatizar a leitura dos lacres por meio de antenas instaladas em portais de passagem dos caminhões. Com isso, é possível fazer a conferência dos dados sem a parada dos veículos (Nonstop). Sem as dificuldades que a intervenção humana encontra nas condições normais, o processo se torna infinitamente mais rápido, evitando erros e agilizando as operações”, explica o diretor.


Abbruzzini conta quais são os módulos que mais colaboram neste processo de inovação da Santos Brasil. Para ele, os destaques do sistema são a leitura dos lacres por antenas de RFID e as integrações por meio de APIs (Application Programming Interface) responsáveis pela interligação da leitura dos lacres com o sistema de gestão do gate eletrônico da empresa. “A implantação das antenas foi simples, pois as adaptamos aos portais de OCR (Optical Character Recognition) já instalados nas entradas do terminal. O processo de consultoria e instalação foi bem conduzido pela RealTrackinG, permitindo que a convergência com os sistemas legados internos da Santos Brasil fosse rápida e tranquila”.


“Sem as dificuldades que a intervenção humana encontra nas condições normais, o processo se torna infinitamente mais rápido, evitando erros e agilizando as operações”.


– Ricardo Abbruzzini Filho –



Competitividade e benefícios a curto prazo


Além da transferência de tecnologia, proporcionada pelo fornecimento e integração das APIs, a Real Tracking permitiu fácil adaptação para o desenvolvimento de rotinas de gravação e leitura de dados por parte da Santos Brasil. “Os principais benefícios estão na agilidade do processo no ingresso das cargas. Isso gera uma economia de tempo bastante significativa para nós, tanto na automação da leitura dos lacres, quanto na redução dos custos operacionais. A instalação dos equipamentos foi realizada pela equipe técnica da ConsulDada e o treinamento do sistema e das APIs foi promovido pela iPort. Ambas já conheciam nossas rotinas, algo que também possibilitou melhor custo-benefício ao projeto”, ressalta.


Em relação ao desempenho corporativo, às mudanças exigidas pelo uso da nova tecnologia e o retorno dos investimentos, o diretor destaca que monitoramento das cargas, o tempo de resposta nas operações e a inteligência aplicada à logística do terminal no Porto de Santos justificam o pioneirismo do projeto. Os benefícios da utilização em massa dos lacres inteligentes serão a garantia da inviolabilidade da carga e sua segurança. A agilidade também irá acontecer no ingresso da carga nos pontos recebedores, bem como a possibilidade de monitoramento dos produtos por parte do exportador ou importador. Isso é possível em cada etapa da cadeia logística. Esperamos que essa tecnologia venha para ficar”, finaliza.


“Isso gera uma economia de tempo bastante significativa para nós, tanto na automação da leitura dos lacres, quanto na redução dos custos operacionais”.


– Ricardo Abbruzzini Filho –


Sobre a Santos Brasil



Ricardo Abbruzzini Filho, além de Diretor de TI e Inovação da empresa, possui mais de 30 anos de experiência profissional na área de tecnologia para transporte marítimo, terminais de contêineres e logística integrada. Reconhecida como referência na operação portuária de contêineres no Brasil, a Santos Brasil possui capital aberto, listada no Novo Mercado da B3, que oferece a seus clientes soluções logísticas completas, do Porto à Porta. A Companhia opera cinco terminais marítimos estrategicamente localizados, sendo três terminais de contêineres – Tecon Santos (Porto de Santos/SP), Tecon Vila do Conde (Porto de Barcarena/PA) e Tecon Imbituba (Porto de Imbituba/SC) -, um terminal de carga geral, TCG Imbituba (Imbituba/SC) e um terminal exclusivo para movimentação de veículos, TEV (Porto de Santos/SP).


A estrutura logística da Companhia inclui dois Centros Logísticos Industriais Aduaneiros (Santos/SP e Guarujá/SP) e um Centro de Distribuição em São Bernardo do Campo/SP), além de uma frota própria de transporte rodoviário. Tudo isso para oferecer serviços customizados a importadores e exportadores, atendendo às demandas específicas de clientes de diversos segmentos (químico, automotivo, farmacêutico, alimentício, autopeças e bens de consumo). Mais informações estão disponíveis no site www.santosbrasil.com.br.


Sobre a RealTrackinG


A empresa RealTrackinG é um joint venture entre as empresas Consuldata (especialista em projetos de infraestrutura, comunicação e Dados) e a iPORT Solutions (especialista no desenvolvimento de sistemas e automação para Portos e Terminais Portuários Alfandegados).


Com a visão de transformar o segmento de rastreamento de cargas, a RealTrackinG chega ao mercado para prover soluções de alto valor agregado, trazendo tecnologias de Lacres Eletrônicos baseadas em IoT (Internet das Coisas), Cloud (Nuvens Computacionais), IA (Inteligência Artificial) e Big Data Analytics (Organização e Compreensão de Dados Coletados) para formar as bases da Logística 4.0. Aliamos dedicação, competência e tecnologia não importando distâncias, buscando a excelência nas soluções para a nova Logística.


Nosso compromisso é com o resultado, para tanto, utilizamos de tecnologia de ponta para fornecer aos nossos clientes agilidade e maior competitividade, entregando-lhes gerenciamento e eficiência operacional, otimização de recursos, indicadores para tomadas de decisão e maior segurança para a redução dos riscos nas transações. A RealTrackinG é uma joint formada por duas empresas com vasta experiência no setor, que juntas acumulam mais de 30 anos de mercado. A união dos expertises dessas empresas, propicia o know-how para que a RealTrackinG possa apresentar-se como o agente transformador que a Indústria 4.0 tanto espera.



4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo